Música: Mulheres de Atenas




Mulheres de Atenas
Chico Buarque
Meus Caros Amigos 
1976



Download MP3

Meus comentários:

Esta música é muito importante, pois denuncia a condição de submissão da mulher desde Atenas até os dias atuais. Como nossa cultura é fundamentalmente europeia portuguesa, a própria cultura portuguesa também era fruto de um passado romano. E por fim, os próprios romanos adotaram muitas características da cultura grega. Porém, não existia uma "Hélade" (como os gregos chamavam a Grécia) unificada. A Grécia era dividida em cidade-estados independentes. E foi Atenas, com sua Democracia que influenciou toda a cultura ocidental. E a condição da mulher em Atenas era de plena submissão ao homem. e esta submissão também foi herdada por nós, uma vez que a Igreja medieval também fez questão de reforçar esta condição da mulher. Para saber mais como viviam as mulheres em Atenas... ouça esta bela música de Chico Buarque.


Letra




Mirem-se no exemplo
Daquelas mulheres de Atenas
Vivem pros seus maridos
Orgulho e raça de Atenas

Quando amadas, se perfumam
Se banham com leite, se arrumam
Suas melenas
Quando fustigadas não choram
Se ajoelham, pedem imploram
Mais duras penas; cadenas

Mirem-se no exemplo
Daquelas mulheres de Atenas
Sofrem pros seus maridos
Poder e força de Atenas

Quando eles embarcam soldados
Elas tecem longos bordados
Mil quarentenas
E quando eles voltam, sedentos
Querem arrancar, violentos
Carícias plenas, obscenas

Mirem-se no exemplo
Daquelas mulheres de Atenas
Despem-se pros maridos
Bravos guerreiros de Atenas

Quando eles se entopem de vinho
Costumam buscar um carinho
De outras falenas
Mas no fim da noite, aos pedaços
Quase sempre voltam pros braços
De suas pequenas, Helenas

Mirem-se no exemplo
Daquelas mulheres de Atenas
Geram pros seus maridos
Os novos filhos de Atenas

Elas não têm gosto ou vontade
Nem defeito, nem qualidade
Têm medo apenas
Não tem sonhos, só tem presságios
O seu homem, mares, naufrágios
Lindas sirenas, morenas

Mirem-se no exemplo
Daquelas mulheres de Atenas
Temem por seus maridos
Heróis e amantes de Atenas

As jovens viúvas marcadas
E as gestantes abandonadas
Não fazem cenas
Vestem-se de negro, se encolhem
Se conformam e se recolhem
Às suas novenas, serenas

Mirem-se no exemplo
Daquelas mulheres de Atenas
Secam por seus maridos
Orgulho e raça de Atenas
 
Cifra

Tom: D
(intro)  D   E/D   G/D

 D            E/D
Mirem-se no exemplo
            G/D         A7
Daquelas mulheres de Atenas
 D                E/D
Vivem pros seus maridos
           Gm/D     D
Orgulho e raça de Atenas
     G          A7    Bbº
Quando amadas se perfumam
               Bm                 Em7 A7
Se banham com leite, se arrumam
       D7
Suas melenas
G           A7          Bbº
Quando fustigadas não choram
              Bm              Em7 A7
Se ajoelham, pedem imploram
            D4/7
Mais duras penas, cadenas
 
 
 D             E/D
Mirem-se no exemplo
           G/D          A7
Daquelas mulheres de Atenas
D                 E/D
Sofrem por seus maridos
         Gm/D      D
Poder e força de Atenas
G              A7          Bbº
Quando eles embarcam soldados
            Bm               Em7 A7
Elas tecem longos bordados
       D7
Mil quarentenas
G               A7          Bbº
E quando eles voltam, sedentos
         Bm                 Em7 A7
Querem arrancar violentos
           D4/7
Carícias plenas, obscenas
 
 
  D            E/D
Mirem-se no exemplo
            G/D        A7
Daquelas mulheres de Atenas
D                E/D
Despem-se pros maridos
          Gm/D          D
Bravos guerreiros de Atenas
G                 A7            Bbº
Quando eles se entopem de vinhos
          Bm                 Em7 A7
Costumam buscar um carinho
             D7
De outras falenas
G              A7             Bbº
Mas no fim da noite, aos pedaços
                      Bm         Em7 A7
Quase sempre voltam pros braços
           D4/7
De suas pequenas, Helenas
 
 
 D             E/D
Mirem-se no exemplo
            G/D         A7
Daquelas mulheres de Atenas
D                 E/D
Geram pros seus maridos
           Gm/D       D
Os novos filhos de Atenas
G              A7         Bbº
Elas não tem gosto ou vontade
             Bm             Em7 A7
Nem defeito, nem qualidade
           D7
Têm medo apenas
G               A7             Bbº
Não tem sonhos, só tem presságios
             Bm                  Em7 A7
O seu homem, mares, naufrágios
         D4/7
Lindas sirenas, morenas
 
 
 D            E/D
Mirem-se no exemplo
            G/D        A7
Daquelas mulheres de Atenas
D                E/D
Temem por seus maridos
          Gm/D        D
Heróis e amantes de Atenas
G          A7       Bbº
As jovem viúvas marcadas
                Bm            Em7 A7
 E as gestantes abandonadas
          D7
não fazem cenas
G             A7              Bbº
Vestem-se de negro, se encolhem
               Bm           Em7 A7
Se conformam e se recolhem
          D4/7
As suas novenas serenas
 
 
 D             E/D
Mirem-se no exemplo
            G/D        A7
Daquelas mulheres de Atenas
D                E/D
Secam por seus maridos
          Gm/D      D
Orgulho e raça de Atenas


Reações: